Pernambuco

FUTEBOL

CBF quer que Brasil sedie próxima Copa do Mundo do Futebol Feminino

Desejo contrasta com a ausência de mulheres na direção da Confederação

Brasil de Fato | Recife (PE) |
A delegação não tinha nenhuma mulher, reflexo da ausência delas nos 12 cargos de diretoria - Douglas Shineidr/AFP

Na tentativa de garantir a realização da Copa do Mundo de Futebol Feminino no Brasil em 2023, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) enviou uma delegação à União das Associações Europeias de Futebol (Uefa) para fazer uma apresentação do que o país tem a oferecer para a realização do mundial, mas faltou algo: a delegação não tinha nenhuma mulher, reflexo da ausência delas nos 12 cargos de diretoria e oito vice-presidências da CBF. 

Edição: Monyse Ravena