Pernambuco

REABERTURA

Saiba quais as novas regras de funcionamento do comércio e serviços em PE

Estado teve a maior média móvel de óbitos desde julho de 2020, mas governo autorizou volta às aulas presenciais em abril

Brasil de Fato | Recife (PE) |
Trabalhadores do comércio sofrem violações de direitos em meio à pandemia - Nelson Almeida/AFP

Na última sexta-feira (26), o Governo do Estado de Pernambuco emitiu um novo decreto com regras para o reabertura de setores econômicos fechados com o que se chamou de “quarentena rígida” no estado, que iniciou no dia 18 de março e vai até o dia 31. A partir daí, valem as regras definidas por um novo plano de convivência com a covid-19, que vai até o dia 25 de abril. 

:: Receba notícias de Pernambuco no seu Whatsapp. Clique aqui ::  

De acordo com os dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES PE), foram registrados neste domingo (28), 771 casos da Covid-19 e 31 novos óbitos, o que conduz a uma média semanal de 194 mortes no estado. O estado teve em março a maior média móvel de óbitos desde julho de 2020, quando houve o primeiro pico da pandemia. A taxa média de ocupação de leitos de UTI no estado é de 97%. 

Novas regras

Em meio a alta de casos, o governo decidiu recuar e flexibilizar medidas. A partir do dia 1º de abril de 2021, o novo plano de convivência com a Covid-19 no Estado permitirá o retorno das atividades sociais e econômicas da seguinte forma:

Volta a ser permitido o acesso a praias marítimas e fluviais, inclusive aos calçadões, ciclofaixas, parques e praças em todo o Estado, sem aglomeração, mas ainda é proibida a utilização de som e a comercialização de quaisquer produtos, inclusive comidas e bebidas; 

A realização de celebrações religiosas presenciais em igrejas, templos e demais locais de culto fica permitida das 5h às 20h de segunda-feira a sexta-feira, e das 5h às 17h nos finais de semana e feriados;

Também está permitido o atendimento ao público e funcionamento das atividades econômicas das 10h às 20h de segunda-feira a sexta-feira, e das 9h às 17h nos finais de semana e feriados. A medida vale para o comércio em geral, shoppings centers e galerias comerciais, escritórios comerciais e de prestação de serviços, salões de beleza, barbearias, cabeleireiros e similares.

As academias e estabelecimentos de prática de atividades físicas poderão abrir de  5h às 20h de segunda-feira a sexta-feira, e das 5h às 17h nos finais de semana e feriados.

Já os os restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência, bares e similares poderão abrir das 5h às 20h de segunda-feira a sexta-feira, e das 9h às 17h nos finais de semana e feriados,mas é proibida a utilização de som.

A partir de 5 de abril  fica permitida a retomada das aulas e atividades presenciais nas escolas e universidades, públicas e privadas, conforme o cronograma e horários que serão divulgados através de uma Portaria da Secretaria de Educação e Esportes.

Permanece proibido a abertura de  clubes sociais, esportivos e agremiações, salas de cinema e teatro, centros de artesanato, museus e demais equipamentos culturais, parques de diversão, temáticos e competições e práticas esportivas coletivas, profissionais ou voltadas ao lazer, com exceção dos jogos de futebol profissional, sem público, cumprido o protocolo específico. Também segue proibida em todo o Estado a realização de shows, festas, eventos sociais e corporativos de qualquer tipo.

Vacinação

Pernambuco já aplicou 932.984 doses da vacina contra a Covid-19, das quais 717.391 foram primeiras doses. No total, 215.593 pessoas já finalizaram o esquema de vacinação.

Edição: Vanessa Gonzaga